Recrutamento e seleção

Recrutamento e seleção é o processo que as empresas promovem para atrair candidatos até o departamento de recursos humanos da empresa para a realização da seleção entre os vários candidatos recrutados, aqueles que são mais adequados aos cargos oferecidos dentro da organização. Todo esse processo visa manter ou aumentar a eficiência e o desempenho do pessoal, bem como a eficácia da organização.

 
Desde o surgimento da prática do processo de recrutamento e seleção, o objetivo é o mesmo, mas o foco mudou. As empresas estão sendo cobradas quanto a melhoria dos resultados, os clientes querem produtos e serviços com maior qualidade e com alto valor agregado, por inovação surpreendente, por um atendimento impressionante, e acima de tudo por melhores preços.


Atualmente o consumidor é dotado de decisão e conhecimento dos seus direitos. O consumidor de hoje tem alto poder de barganha, sendo capaz de fazer a sua empresa ser muito admirada ou um fracasso.


As organizações estão sendo obrigadas a inovarem suas metodologia de recrutamento e seleção, a concorrência entre as organizações está cada dia maior, os consumidores querem qualidade, preço justo, crédito e recursos humanos capacitados e talentosos o suficiente para dar conta a essa nova equação do mercado.


Essas exigências do público consumidor que fez com que os empresários mudassem a forma e a exigência no processamento de recrutamento de pessoas. Antigamente, contratava-se profissional com qualquer profissional para a execução do serviço, o que se exigia era experiência profissional na área do cargo oferecido.
 

O recrutamento e a seleção não funcionam mais assim. A área de RH mudou bastante o modo de trabalho, as empresas entenderam que não basta que o profissional seja qualificado, ele precisa se adequar a cultura e aos valores da organização.


O profissional que realizará o recrutamento e a seleção deve ser cuidadoso para diminuir a subjetividade na hora do processo de escolha. Deve medir o que realmente o cargo necessita para o desenvolvimento do serviço, o recrutador deve conhecer os pré-requisitos da vaga, ter a percepção correta do perfil e comportamento desejado para o serviço.
 

É importante que os gerentes de linha e de outros departamentos da organização que não sejam do departamento de recursos humanos também participem do processo de recrutamento e seleção. Os gerentes de setores lidam diretamente com o pessoal, e conhecem os requisitos e peculiaridades necessárias para o cargo. Esse processo previne problemas futuros com atendimento ao cliente e com ações internas da empresa.


Atualmente, o processo de recrutamento e seleção é considerado um processo estratégico e vital para as organizações. As universidades já definiram a necessidade de incluir na grade dos cursos matérias para a formação dos novos profissionais que estão entrando no mercado. As pessoas que já estão no quadro das organizações, estão participando de cursos de capacitação profissional, a fim de desenvolver habilidades pessoal antes não aplicadas.


As empresas utilizam de certos caminhos já determinados para execução do processo de recrutamento e seleção dentro de uma organização. Não é nada fácil encontrar a pessoa certa para o cargo em questão, por isso, segue algumas ações que podem ser desenvolvidas pela organização no geral, em especial pelo departamento de recursos humanos, um departamento de estratégia. Essas ações com certeza fará com que o demorado processo de seleção seja otimizado:


• Fazer um arquivo funcional e atualizá-lo diariamente. É muito bom poder contar com um banco de dados informatizado, sem dúvida alguma é um diferencial que deixará o processo mais ágil;
• O banco de dados e informações de quem realiza o processo de recrutamento e seleção deve ser organizado além das categorias profissionais separadas, deve conter também informações sobre os talentos que já atuam na organização. Muitos colaboradores podem ser promovidos ou transferidos de setor, mas se a empresa não atualiza as informações sobre seus colaboradores isso não será lembrado no momento da seleção;
• Ao primeiro contato com o candidato para agendar uma entrevista é aconselhável falar diretamente com ele. Caso a ligação seja atendida por outra pessoa deixe o recado. Contudo, solicite o número do celular do profissional porque nem sempre as informações podem ser passadas corretamente para o candidato;
• Seja objetivo quando falar com o candidato, identifique-se e fale sobre o motivo do contato. Isso evita que a pessoa imagine que seja alguma brincadeira ou mesmo um engano;
• Depois de agendada a entrevista com o profissional é aconselhável que no dia anterior à entrevista ligue para o profissional para confirmar o encontro. Isso evitará que haja algum desencontro, pois a pessoa pode ter anotado as informações quando se encontrava em algum lugar agitado, barulhento. Isso pode comprometer a comunicação eficaz entre selecionador e candidato;
• Muitos profissionais que participam de grupos de intercâmbio de RH, principalmente os virtuais divulgam as vagas que surgem em suas empresas e solicitam ajuda aos colegas da área. Não são raros os casos de vagas que são preenchidas com mais agilidade, graças à troca de informações;
• Para que um processo de recrutamento e seleção seja eficaz e ágil, é importante que o recrutador mantenha uma conversa antes do inicio do processo com o gestor da área em questão. Com isso, aumentam as chances de saber quais as competências mais necessárias para o cargo que precisa ser preenchido;
• Durante o processo de recrutamento e seleção, a participação da liderança em algum momento da entrevista com o futuro contratado é uma ótima ação. Isso permitirá que o gestor diga ao selecionador se aquele candidato irá ou não atender às suas expectativas;
• Na primeira entrevista com o candidato, dê uma previsão do tempo estimado para a finalização do processo. Se o retorno demorar demais, o profissional que concorre à vaga pode imaginar que a empresa contratou outra pessoa e aceitar uma contratação que nem ele mesmo esteja tão interessado. Isso ocorre, principalmente, quando o desemprego já perdura por algum tempo e o talento aceita a primeira oportunidade que surge;
• Quando o processo de recrutamento e seleção for concluído e a vaga preenchida, faça contato com os demais candidatos à vaga e que não foram classificados. Eles podem não ter sido contratados naquela oportunidade, mas nada impede que outras vagas surjam e que eles sejam chamados para um novo processo.



Enviar Depoimento
Unidade I Unidade II
   
Rua C-179, Quadra 454, lote 17, Setor Jardim América
Goiânia - Goiás. CEP 74275-180
Rua 09, Nº 481, Quadra 25, Lote 53, Edifício Heitor Piva, 3º andar, Salas 303/304 - Setor Central - Goiânia - Goiás. CEP 74013-040